NOVOS OLHARES PARA A AVALIAÇÃO:
POSSIBILIDADES E DIFICULDADES EM CURSOS COM AULAS PRÁTICAS OU EXPERIMENTAIS

Liliana Ferreira Delgado

A avaliação da aprendizagem é algo que deve receber enfoque na formação docente, retirando dela o foco da classificação e pontuação, que impera nos meios tradicionais de ensino no Brasil. Este trabalho procurou entender o papel e a importância da prática avaliativa, quais instrumentos utilizados e seus desafios e críticas. Procurando descrever a importância, identificar as técnicas, examinar as metodologias, identificar as inovações e o estado da arte nesta área. A legislação referente aos cursos de educação a distância possui alguns dispositivos que se ocupam da avaliação dos alunos e a coloca como obrigatoriamente presencial. Para que se possa perceber o que o aluno de fato aprendeu, é importante selecionar os instrumentos avaliativos adequados, a fim de atingir os objetivos esperados, além de possibilitar a orientação das distorções na aprendizagem durante o processo educativo. Deve-se considerar a elaboração de instrumentos avaliativos e uma escolha assertiva de técnicas e critérios avaliativos para a EAD, possibilitando perceber a evolução na construção do conhecimento num ambiente virtual colaborativo, oportunizando intervenções na aprendizagem quando necessário. Em cursos de ciências com necessidade de aulas práticas ou experimentais a metodologia de avaliação deve levar em consideração seus múltiplos aspectos para que seja efetiva e realista.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Avaliação da aprendizagem; Instrumentos avaliativos; Aulas práticas.

Baixar texto completo

PDF_ico.png