FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CURRÍCULO E MULTICULTURALISMO

Severina Ferreira de Lima

Valdemir Melo de Souza

Jaciane Gomes Sousa de Lima Silva

Este artigo discute a formação dos professores, problematizada a partir das relações do currículo e do multiculturalismo. Essas relações implicam numa proposta de uma ação educativa pautada na ética, na estética e na racionalidade científica, objetivando a qualidade social da prática docente na escola pública. Utilizamos as contribuições teóricas de Tardif (2002), Giroux (1997), McLaren (1997), Freire (1997), Leite (2001), dentre outros. São discutidos o saber pedagógico e a práxis docente, concepções sobre Currículo, o saber e as figuras do aprender, concepções e práticas de multiculturalismo e também a importância das formações inicial e continuada. Como metodologia de pesquisa, foi utilizada a pesquisa bibliográfica. Percebemos que, mesmo com a intensificação da formação de professores, do avanço teórico e de propostas inovadoras, não se percebe alterações significativas de tal processo, tendo em vista os resultados das avaliações externas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Formação de professores; Currículo; Multiculturalismo.

Baixar texto completo

PDF_ico.png