EDUCAÇÃO DO CAMPO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA SOBRE AS CONDIÇÕES E POSSIBILIDADES DO ENSINO MULTISSERIADO

Edna de Almeida Lima Silva

O objetivo do presente artigo é estabelecer uma discussão sobre a educação do campo, promovendo uma revisão integrativa sobre as condições e possibilidades do ensino multisseriado. A pesquisa foi realizada segundo as características dos estudos de revisão integrativa da literatura. Desta forma, durante o estudo bibliográfico procurou-se selecionar o material semelhante a temática abordada, atentando-se aos critérios de inclusão, que consistem em artigos publicados no idioma português, e as publicações realizadas entre os anos de 2010 a 2018, disponíveis na íntegra que abordassem a temática investigada. A pesquisa alcançou os seguintes resultados: há uma necessidade da formação continuada para os professores caracterizada como indispensável na educação do campo; os currículos precisam estabelecer espaços de articulação dos diferentes saberes socioculturais produzidos pelos grupos sociais do campo; os materiais pedagógicos devem estar adequados as especificidades que cada campo necessita; por fim, é determinante que seja garantido uma infraestrutura adequada para as escolas do campo. Considera-se, portanto, que na classe multisseriada o professor trata- de um mediador de diferentes relações e em meio ao dinamismo, ele próprio precisa funcionar com uma variedade considerável em seu espaço. Os alunos da classe multisseriada não precisam apenas de conteúdos, aulas expositivas e instruções, eles precisam ir além disso, conhecer, juntamente com seus colegas o conhecimento e o mundo, e isso apenas uma educação diferenciada e que respeita os valores será capaz de promover.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Classe multisseriada; Educação do Campo; Ensino, Professor.

Baixar texto completo

PDF_ico.png