top of page

IMPORTÂNCIA DE JOGOS E BRINCADEIRAS LÚDICAS NA INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Marilda Moreira de Carvalho Campos

A inclusão de crianças com paralisia cerebral na educação regular ainda causa grande preconceito por parte da sociedade, que observa apenas a condição da criança, sem compreender como é possível acessar e estimular sua participação em diferentes atividades e ações que podem favorecer seu desenvolvimento e aprendizagem. Este artigo teve como objetivo refletir acerca da importância do jogo para o desenvolvimento de crianças com paralisia cerebral, assim como os benefícios que pode oferecer ao desenvolvimento dessas crianças, demonstrando aspectos relevantes para seu bem estar e melhoria das condições de vida, apropriando-se do universo do lúdico como forma de estimular e possibilitar o desenvolvimento por meio da motivação e envolvimento em atividades corriqueiras, assim como viabilizar maior autonomia em situações do cotidiano, pois por meio das brincadeiras a criança pode exercer suas potencialidades, facilitando assim o desenvolvimento cognitivo e motor, além de trazer para as crianças com paralisia cerebral ações que auxiliem a execução de gestos que naturalmente fazem parte do desenvolvimento infantil, por meio da manipulação e exploração de diferentes objetos, onde a criança percebe diferentes texturas, sons, cores, pesos, tamanhos, odores, e tantas outras possibilidades que podem auxiliar seu desenvolvimento cognitivo e motor. Neste aspecto, os jogos lúdicos oferecem um universo rico em possibilidades e experiências a serem exploradas em benefício da criança.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Interação; Estimulação; Desenvolvimento; Inclusão.

Baixar texto completo

PDF_ico.png
bottom of page