A EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL: REFLEXÕES SOBRE A INTEGRAÇÃO DO CUIDAR E EDUCAR

Janete Oliveira da Silva

RESUMO:

O artigo tem como objetivo a análise reflexiva sobre a integração do cuidar e educar na Educação Infantil no Brasil, bem como verificar se na prática vem ocorrendo essa integração ou ainda há instituições e professores que possuam marcas de sua história mantendo-se seu caráter assistencial e oferecendo apenas o cuidado básico como antigamente. A história da Educação Infantil é marcada por um começo especificamente assistencial, que surge com a preocupação higienista da época e pela luta de mulheres que passam a fazer parte do mundo do trabalho. Por intermédio das mudanças sociais que promoveram inserções e alterações na legislação e do crescimento dos estudos sobre o desenvolvimento infantil, foi que se construiu um novo olhar sobre a criança, que antes vista como um adulto pequeno, agora é legalmente um cidadão de direitos, sendo isso um marco didático pedagógico e metodológico para este nível do ensino. Quando o foco da Educação Infantil passou a ser o de educar nota-se que juntamente está o cuidar que na verdade são ações indissociáveis e cabe aos profissionais da área compreenderem como executar essa integração no cotidiano das crianças neste nível de ensino. Na elaboração deste artigo optamos pela revisão de literatura, elencando como aporte teórico, entre outros: Belther (2017); Cartaxo (2013); Krames (2009); além de bases legais que fundamentam a temática.

Palavras-Chave: 

Educação Infantil; Integração; Cuidar e Educar.

Baixar texto completo

PDF_ico.png