MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE:
MODELAÇÃO ESTATÍSTICA DO DESFLORESTAMENTO NA AMAZÔNIA

Alex Sandro Pires de Lima

Verificar se Modelos de Gerações Contínuas é ideal para a Modelagem Estatística do Desflorestamento da Floresta Amazônica. Apropriar-se formas de Regressão Linear Simples e assim analisar se é possível predizer eventos futuros com vigor. O objetivo principal do artigo é analisar por meio da Modelagem Estatística formas auxiliares de predição e entender as dinâmicas dos modelos.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Modelação Estatística; Floresta Amazônica-Desflorestamento; Modelo de Gerações Contínuas.

Baixar texto completo

PDF_ico.png