FUNCIONÁRIOS DE ESCOLA: EDUCADORES DE FATO,
EDUCADORES DE DIREITO

Alexandre Ferreira da Silva

O presente artigo aborda a origem e trajetória dos funcionários de escola, desde a chegada dos jesuítas até os dias atuais e a contribuição dos irmãos coadjutores na educação de nosso país. A luta pela valorização e reconhecimento da categoria como educador, a organização da categoria em sindicatos em busca de uma identidade profissional, a luta nacional dos funcionários com a criação da CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação que culminou na aprovação de uma lei reconhecendo os não docentes como profissionais da educação. A profissionalização dos funcionários por meio do Profuncionário. Aborda ainda a luta específica dos funcionários de escola no estado de Alagoas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Funcionários de Escola; Valorização Profissional; Educação.

Baixar texto completo

PDF_ico.png