PRÁTICAS DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES E CONTRADIÇÕES

Kely Cristina de Lima Reis

RESUMO:

O presente artigo trata de um dos temas mais relevantes na Educação Infantil, de acordo com atualização da Base Nacional Comum Curricular, são eles, os direitos de aprendizagem e desenvolvimento e a reflexão da prática do brincar como proposta pedagógica. O objetivo é refletirmos como ocorre diariamente na rotina escolar a prática do brincar, considerando as propostas livres e as planejadas. Ao observarmos algumas práticas deste brincar, percebe-se que há muitas contribuições e contradições, com diversas concepções e princípios, temos uma no qual o adulto não pode intervir no momento da brincadeira, ele precisa brincar livre e em contratempo temos o brincar por brincar, todo dia da mesma forma, com as mesmas caixas de brinquedos e possibilidades. É importante considerarmos o brincar e a interação como direitos e maiores potencializadores no desenvolvimento das crianças pequenas.

Palavras-Chave: 

Brincar; Educação Infantil; Aprendizagem; Contribuições; Contradições.

Baixar texto completo

PDF_ico.png