O USO DAS PARÓDIAS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA

Senicleide Gonçalves de Lima Campos

RESUMO:

A discussão sobre as práticas pedagógicas no ensino-aprendizagem da Matemática é algo que tem preocupado muitos educadores que atuam nessa área, tanto no Ensino Fundamental, quanto no Ensino Médio. Neste sentido, o presente trabalho vem abordar como o uso das Paródias acontece ou deve acontecer principalmente no Ensino Médio. Portanto, refletir sobre as nossas práticas pedagógicas em sala de aula ao longo dos anos, já que a Matemática é presente no nosso cotidiano, na construção do conhecimento, seja ele prévio ou da vivência de mundo do educando, é oportunizar e colaborar para que tenhamos pessoas letradas e conhecedoras dos saberes necessários para a compreensão das situações matemáticas que a cercam. Estimulá-los por meio de uma vivência contextualizada, concreta, com sentidos significativos é, no entanto, apropriá-los desses saberes que passados de geração em geração, amedrontam e oprimem a capacidade criadora dos mesmos. Assim, a experiência do ensino da Matemática por meio das Paródias deve ser motivada, visto que, esse ensino promove a integração com outros saberes inerentes à própria disciplina.

Palavras-Chave: 

Ensino-Aprendizagem; Paródias; Ensino Médio.

Baixar texto completo

PDF_ico.png