O DESAFIO DAS PROSPOSTAS NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DOS SURDOS PARA O MERCADO DE TRABALHO

David de Castro Fonseca
Rimar Romano Segala

Esta pesquisa procurou diagnosticar de que maneira as empresas têm contribuído no seu papel para formação educacional de profissionais, em especifico os deficientes auditivos no âmbito de sua realidade de comunicação. Para efetivar essa análise foi necessária uma abordagem qualitativa por meio de questionários aplicada os surdos, no intuito de ramificar e identificar com precisão os resultados por esse público alvo. Foram abordadas as seguintes dimensões: Educação profissional, mercado de trabalho, Lei de cotas e capacitação profissional para os surdos, como principal resultado constatou-se a falta necessidade da consciência dos empregados por maiores informações para formação profissional, no processo dos resultados também foi identificado que os donos de empresa não enxergam o surdos como pessoas e sim como deficientes, e que o desejo de programas de qualificação deve ser recíproco, ou seja os ouvintes também devem conhecer a cultura surda e aprofundar no conhecimento principalmente na sua comunicação.

RESUMO:

Educação profissional; Deficiente Auditivo; Lei de Cotas.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png