DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM: CONTEXTUALIZANDO O LÚDICO E A INTERDISCIPLINARIDADE NA CONSTRUÇÃO DE SABERES

Liliane Cristina dos Santos Rocha

No brincar as crianças aprendem a lidar com a agressividade e com suas frustações, passando a construir sua autonomia e desenvolvendo suas habilidades aos eixos exigidos a sua fase escolar. É na autonomia que a criança desenvolverá em todos os seus aspectos, pois ela se torna independente. É uma tarefa do dia -a- dia no qual todos devem estar envolvidos pois a criança irá desenvolver-se cada dia mais. O brincar permitirá que as crianças aprendam por intermédio das brincadeiras, dos jogos e do faz-de-conta, proporcionando ao aluno um desenvolvimento no qual seus eixos possibilitem que suas habilidades sejam comtempladas, garantindo-lhe formação global. O mundo da criança é rico e está em continua mudança e possui ligação entre a fantasia e a realidade. O brinquedo é o objeto que a criança manipula o brincar é o ato em si. Transformando o ato do brincar em um aprendizado e tornar possível que o aluno aprenda e se desenvolva em sua linguagem oralidade e na escrita, a sua interpretação, as suas habilidades auditivas e sociais e também a sua interação com todos na escola. A interdisciplinaridade como o processo de ligação entre as disciplinas que devem ser contempladas e como uma melhora ao aprendizado do aluno. Ela é uma metodologia que integra conceitos e formulas que poderá facilitar o entendimento.

RESUMO:

Educandos; Dificuldade de Aprendizagem; Lúdico; Interdisciplinariedade.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png