ENTRE O BRASIL E GUINÉ-BISSAU: DESDOBRAMENTOS FANONIANOS NO PENSAMENTO DE AMÍLCAR CABRAL E PAULO FREIRE

Vivian Gomes Fuza

Este trabalho apresenta aproximações entre o pensamento de três importantes intelectuais: Frantz Fanon, psiquiatra martinicano que fora importantíssimo para a descolonização da Nigéria; Amílcar Cabral, agrônomo e político que luto ativamente conta o Imperialismo português na Guiné-Bissau e em Cabo Verde; e, por último, Paulo Freire, o patrono da educação brasileira. O objetivo é compreender como os três autores concebem a emancipação libertação dos oprimidos.

RESUMO:

Descolonização; Emancipação; Reconhecimento; Autodeterminação; Educação
Libertadora.

Palavras-Chave: 

Baixar texto completo

PDF_ico.png