INCLUSÃO ESCOLAR DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA NA ESCOLA COMUM

Asenath dos Santos Santana da Mota

O principal objetivo do artigo é pontuar as dificuldades do processo ensino aprendizagem da criança com Transtorno de Espectro de Autismo (TEA) dentro do ambiente escolar. A inclusão de crianças com deficiência, independentemente de ser com Transtorno de Espectro de Autismo (TEA) na escola sempre tem sido um grande desafio, principalmente para os professores que precisam se capacitar e buscar alternativas para esses alunos, tendo em vista que as crianças, nesta fase, possuem um ritmo de aprendizagem diferente e precisam de metodologias de ensino específicas que atendam às suas singularidades. Diante disso, utiliza-se de pesquisa bibliográfica bem definida, na modalidade revisão de literatura, com o apoio de diversos autores que tratam da temática. Os resultados demonstram que é preciso que haja especialistas adequadamente capacitados em cada escola e consequentemente nos órgãos centrais e regionais dos sistemas de ensino, seja ele infantil, fundamental ou médio, formando uma equipe capaz de enfrentar os desafios do dia-a-dia da inclusão de criança com Transtorno de Espectro de Autismo (TEA); assim que cada membro capacitado cumpra seu papel e possa contribuir reciprocamente para o sucesso das suas atribuições e consequentemente proporcionar apoio as famílias, que na grande maioria das vezes desconhecem o Transtorno de Espectro de Autismo (TEA) e suas causas.

RESUMO:

Palavras-Chave: 

Inclusão; Autismo; Dificuldades.

Baixar texto completo

PDF_ico.png